banner viagem dpedro

28.06.1876

   Antes do almoço vi a exposição agrícola da Áustria, e a plantação de groselha e outra fruta parecida com as uvas de Corinto feito por um austríaco que perto de Viena já obteve 3000 variedades da groselha e 2000 da outra planta. 

 

Leia mais...

27.06.1876

   Fábrica de Baldwin. Faz 400 e tantas locomotivas por ano e agora 12 para o Brasil. Uma tem o nome  de Príncipe do Grão Pará para a estrada de ferro Pedro 2º: 2000 trabalhadores. Vi também um carro com rodas forradas de borracha para andar por vapor nas ruas da cidade. Ainda não está pronto.

 

Leia mais...

26.06.1876

    Antes do almoço fui ver as exposições – da instrução do estado da Pensilvânia, e de Kansas e Colorado – em edifícios separados.

 

Leia mais...

25.06.1876

Antes do almoço fui ver uma fábrica de forjas portáteis. Trouxe um folheto com os desenhos etc. delas. Das 10 às 2 vi o resto da exposição do governo e quase toda a americana do Mainbuilding.

Leia mais...

23.06.1876

Antes do almoço Academia de Ciências Naturais. Ricas coleções sobretudo de conchas. Também vi fósseis interessantes como a imensa coluna vertebral de Emalssaouros platyurus achada nos Estados Unidos e o crânio do Bisen cayifrone com uma profunda depressão na testa.

Leia mais...

22.06.1876

 

 

Antes do almoço fui à Universidade. Belo edifício. Gostei muito de ver o gabinete de física de que é professor Barker nome conhecido. Na livraria achei um livro raro de cartas impressas de Franklin com duas passagens muito notáveis, que eu pedi para mandar copiar.

 

Leia mais...

21.06.1876

Antes do almoço fui ao Colégio Girard – o corpo principal é um belo templo grego de colunas de mármore assim como o resto do edifício. Aí logo depois de subir os degraus externos encontra-se no peristilo uma bela estátua de mármore de Girard – fisionomia de bondade algum tanto maliciosa – um sepulcro creio que com seus restos.

Leia mais...