banner viagem dpedro

13.06.1876

No instituto dos cegos ensinam aos cegos e cegas para criados a lavar, etc. e coser. Cada cego maior vive em seu quarto e os outros a 2. Na Medical School há muito bom gabinete de fisiologia experimental de que é professor o neto do célebre matemático Bowditch do mesmo nome que estuda em Leipsig com Ludwig.

Leia mais...

12.06.1876

Antes do almoço fui ver a Perkins-Insitution para cegos. Casa grande e bem situada. Tem cento e tantos cegos. Laura Bridgeman estava doente e fora com os parentes.

Leia mais...

11.06.1876

Antes do almoço fui a Chestnut; lindo lugar onde se acha o reservatório de águas quase tão grande como o de N. York, perto do Central Park – para ver o professor de zoologia no Harvard College, Mr. Slade. 

Leia mais...

10.06.1876

Antes do almoço fui ver o novo edifício, que é bonito e num belo lado da cidade, destinado a museu de belas artes. Já aí há quadros — e alguns bons — e gessos, de que verei se obtenho na Itália os que faltam à Academia de Belas Artes do Rio.

Leia mais...

09.06.1876

Antes do almoço Bunker-hill. Pequeno outeiro muito perto do hotel, no meio da cidade. Vi a estátua do General Warren morto na batalha e o antigo pequeno monumento antes de subir o grande obelisco, cujo terreno foi doado por uma loja maçônica.

Leia mais...

08.06.1876

Chegamos a Revere-House (o hotel) depois das 9. Escrevi a Mme. Agassiz e o Vice-Cônsul Brasileiro que me levou a carta. Recebi carta de Longfellow, que se acha em Cambridge.

Leia mais...

07.06.2015

5 ½ da manhã. Ontem antes de me deitar ainda vi o lago junto ao qual passamos e ao longe as White Mountains que me pareceram bastantes altas. Deixamos há poucos minutos Concord (capital de New Hampshire) e margeamos o Merrimack.

Leia mais...