banner viagem dpedro

29.04.1876

134 m. de S. Francisco Brighton. 

Vale do Sacramento. Abunda em ouro. Produz muita fruta — exportam-se frutos verdes e secos. As vinhas já deram colheita de 300.000 galões de vinho e brandy. O monte Shasta de cerca de 13.000 pés de a[ltura] é a origem do rio Sacramento. Vasta planície toda plantada e florida. A O[este]. das Rocky-Mountains não há mina que seja aproveitada exclusivamente pelo minério de chumbo e contudo mais da metade do chumbo extraído em 1875 nos EE.UU. Vem do O[este]. de Missouri. 

Lindas plantações nos subúrbios da cidade de Sacramento. Vai-se de vapor desde S. Fr[ancisco]. até aí. Em Sacramento fui ver o Capitólio; magnífico edifício com lindas escadas internas e bela livraria. Na volta para o trem passei por algumas ruas. Que belas rosas encarnadas há nestes jardins! 

Na vinda examinei aqui as oficinas centrais desta estrada de ferro. São muito importantes; porém não tão bonitas como as da estrada de ferro do Rio. Junction de muitos caminhos de ferro e em breve futuro do estreito de Behring que pretende fazer o Yankee-Tunnel abrindo um destes por baixo do estreito. Ir-se-á assim por estrada de ferro de N. Y. até Lisboa. E a América do Sul? 

Rocklin — daqui puxa-nos uma e empurra-nos outra locomotiva por causa da rápida subida. New Castle. Para a esquerda subindo ficam as antigas minas de Ophir, Virginia-City, que ainda tanto produzem. Daqui lanço a última vista sobre o vale do Sacramento e Auburn — 8m. S.E. fica a célebre caverna de alabastro com púlpito, sanefas etc. Antes de chegar aqui há um corte de 85 p. a. e 800 comp. 

Antes de Clipper Cap passou-se por velhas Washing-mines onde trabalhavam há poucos anos milhares de homens. Túnel de 700 pés de comp. Pouco depois começam os pinheiros. Colfaz 5 ½. Já vai diminuindo a luz. Daqui vai-se para as minas de Nevada. Só para as de Cronstock estão fundindo em S. Francisco máquinas do valor  de 2 a 3 milhões de dólares. Colfaz está a 3448 acima do mar. O viaduto de Cape-horn 878 pés de comp. e 113 de a. 7 horas. Custa a ler sem luz. Passado o lugar mais belo da estrada que beira o precipício de 1000 a 2000 pés que forma o vale do American-River-Blue Cañon 217 m. de S. Fr. não pude ver mais daí por diante.

29 04 1876 1a pagina original