banner viagem dpedro

30.05.1876

5h 10’. Estamos em Atlanta. Cidade importante.

5h ½. Deixamo-la há pouco. Tenho 3 jornais. Saindo dela vi o lugar das corridas. Atravessamos em ponte o Chattahoochee. Estamos no Estado da Georgia depois de ter passado os de Mississipi e de Alabama.

5h ¾ Pinheiros e carvalhos. N. Orleáns está no de Lousiana.

6h Há pouco estação com algumas casas. Madeira cortada e fardos de algodão. Terreno cultivado de ambos os lados. Li num dos jornais que há 200 queijarias no Illinois, para que dão leite diàriamente 2 milhões de vacas.

6h 5’. Deixamos Marietta onde paramos minutos. Tem bastantes casas com jardins e pequenas plantações. Predominam os carvalhos.

Antes que me esqueça. Em N. Orleáns vi no hotel uma menina de nome Lucia Zavata, mexicana, que o pai dizia ter 12 anos. Tinha as dimensões de uma boneca não muito grande e era muito esperta andando e falando desembaraçadamente.

6h 37’. A máquina bebe água há minutos em Big-Shanty.

6h 40’. Seguimos. Tem suas casas com pequenas plantações.

7h 9’. Terrenos bem cultivados com casas de ambos os lados. Vejo cercas como já conheço muitas, de paus simplesmente sobrepostos e formando esta figura (            desenho????              ) com os vértices para fora.

Chegamos a Acworth Povoação com bastantes casas. Vejo uma igreja.

7h 9’. Chegamos a Allatoona. Pequena povoação.

7h 16’. Passamos por Stegall’s. Tem suas casinhas com pequenas plantações. Logo Etowah

7h 20’. Descobre-se à esquerda linda vista de colinas com árvores nos cimos e plantações nas encostas e baixas. Atravessamos o Etowah (7h 26’) em ponte de ferro curta.

7h 28’. Paramos. Cartersville. Povoação com bastantes casas e parece-me ter visto oficinas da estrada. Só me deram a lista das estações depois de Marietta.

Acerto o meu relógio que marca 7 ½ pondo-o nas 8h

8h 25’. Durante o almoço passaram Roger’s e Cass. Poucas casas, mas esta mais considerável.

9h 7’. Kingstom. Algumas casas e pequenas.

9h 11’. Deixamos Hall’s. Madeira empilhada.

9h 20’. Calhoun. Algumas casas. Talvez me enganasse a respeito dos nomes precedentes porque na lista antes de Hall’s há Adairsville e Mac Daniels. 9h ½ Passamos o Oostonaula em ponte coberta, não grande, e pela estação de Resaca.

10h 48’ Passamos Tilton com algumas casas. Ainda se vêem bastantes árvores porém poucos pinheiros.

10h 3’. Dalton. Povoação de bastantes casas. À estrada bifurca-se e vamos seguir o caminho de Lynchburg (Virginia) entrando no estado de Tennessee. Paramos defronte de uma grande casa com o título Duff Green House (é um hotel de onde recebi um ramo de flores. Tenho recebido vários na minha viagem). Vi uma igreja pequena, mas bonita. Não tenho edifícios que me indiquem escola.

11h 7’. Passamos Varnell’s porém eu não vi outra estações nomeadas antes na lista. Serão muito pouco importantes, quase sem casas, como a acima mencionada. Atravessamos (11 h) pinheiros e carvalhos.

11h 5’. Passamos Dalton (Tennessee). Quase nenhumas casas. Árvores bonitas.

11 ½. Chegamos a State-Line (Já passou). É Cleveland (Tennessee) a que chegamos. Tem suas casas e uma de sobrado de boa aparência com o título Mondey House. Paramos minutos e seguimos às 11h ¾. Bonita vista de terreno ligeiramente acidentado com árvores plantações não muito grandes, à esquerda. 12h 3’ Charlston. Apenas paramos. Poucas casas pequenas.

12h 6’. Lugar de colinas separadas e com bonitas casas de jardins com árvores. Chama-se Riceville. Apenas paramos. Atravessamos uma ponte de ferro não muito grande o rio Hiwassee. Continua quase o mesmo aspecto.

12h 25’. Athenas. Tem bastantes casas pequenas, mas algumas bonitas. Vejo uma igreja pequena. Poucos minutos de parada.

12 ¾. Reagan’s. Bonita do lado direito que se vêem casas no vale entre as colinas com belas árvores. Plantações, à esquerda sobretudo; colinas de ambos os lados cobertas de árvores. A vista estende-se pelo caminho adiante. 1h Sweetwater. Casas bonitas, mas pequenas, de ambos os lados. Paramos apenas — Leio numa casa Mouse Creek. Na lista há Mossy-Creek muitas estações depois de Sweet Water. O terreno parece há tempo melhor aproveitado, mas não é como o que vi de Chicago até Washington Pittsburg.

1h ¼. Bonita povoação com igreja sobre um teso. Tem suas casas e duas de sobrado que eu vejo. É Sweet-water (E o que eu supus?). Custa a obter informações exatas. Para não terem trabalho respondem logo embora errado, ou o I don’t know.

1h 40’ Depois de minutos deixamos Filadélfia (Tennes.). Poucas casas e uma igreja.

2h  5’ Deixamos London. Poucas casas. Atravessamos sobre ponte que não é pequena e a princípio coberta, o que indica madeira — o rio Tennessee. Água muito amarela. A margem direta do rio que se vê da ponte — creio que nunca — está toda muito bem lavrada. Bonita vista do Tennessee que margeamos. Do outro lado a falda da colina coberta de mato é cultivada. O barômetro está muito baixo ameaçando temporal.

2h 12’. Lenoir’s. Pequena parada. Campo lavrado e plantado à direita. Algumas casas. Uma grande casa com roda de água à esquerda. Tornou a para na estação cheia de sacos. Seguimos.

2h 24’. Passamos por Concord. Poucas casas.

2h 35’. Igreja sobre colina à esquerda. Algumas casas com árvores na frente, segundo tenho visto. Erin, onde não paramos.

3h 12’. Bela paisagem à direita.

3h ½. Deixamos Knoxville onde há parada foi talvez de 20’ [sic]. Grande povoação bem situada. Vi uma grande casa de Implements. Agricultural & Fertilizers perto da estação. Bonitos lugares. Passamos outra vez ao longo do rio Tennessee, mas por pouco tempo. Lindo campo arando-se. Outra vez o rio junto a cuja margem direita paramos, creio que para a máquina beber água. Margeamos o rio bordado de campos cultivados e bonitas árvores. Agora a margem oposta tem casas com árvores e plantações e o terreno é avermelhado. Atravessamos o rio em ponte forrada de ferro, pelo menos. Lindo campo de terra roxa toda plantada à esquerda, com arados trabalhando. É uma das partes mais bonitas dos Estados Unidos que tenho atravessado. Há lagos formados por água tirada de poços por noras afim de regar o solo.

4 ½ New-Market. Quase não tem casas. Já passamos Mc Millan’s e Strawberry-Plains, talvez os bonitos lugares mas que é dos morangos? Contudo muitos tenho comido desde que cheguei a N. York.

4 ¾ Talbot’s. Tem casas bastantes. Grande e bonita casa no cimo de uma colina à direita rodeada de belas árvores. Tem uma torre que a faz parecer com o Castelo de Martim Birimbela.

5h Morristown. Lugar bastante acidentado com algumas casas.

5h 20’. À esquerda sobre um teso duas casas bonitas de campo. Bastantes casas e 2 igrejas.

5h 24’. Agora é que chegamos a Morristown. Tenho visto gado e juncos como neste momento, pastando. Partimos. 5 ½.

5 ¾. Ao longe por entre as colinas da esquerda vê-se uma montanha grande. O terreno é acidentado, com casas e bastantes árvores junto às casas e pelas colinas.

6h Passamos por lugar de algumas casas.

6h 5’. Já passamos Russellville. Estamos em Rogersville Junction. Vejo um caminho de ferro que toma para esquerda. Há bastante gente adiante creio que consertando o caminho. Tenho visto muitas florezinhas brancas e cor-de-rosa como as margaridas do campo. Aparecem onde há trevo e o Bom Retiro diz que nascem nas plantações de alfafa, vindo talvez as sementes misturadas. Estivemos parados um pouco, ma seguimos. Carneiros, mas de raça pequena.

6h 20’. Bonito lugar plano cercado de colinas com mato e ao longe à direita azulão por uma abertura alta montanhas.

6h ½. Lugar de casas. Vejo também uma barraca de pano armada que talvez seja de empregados da estrada, onde já há trabalhadores fazendo consêrto.

6h ¾. Bonito vale entre colinas cultivadas ou cobertas de árvores, com casas espalhadas. A tarde tem refrescado. O dia esteve muito quente e não deu nada de si o tempo.

7h 6’. Há minutos que não se observa cultura nenhuma dos lados. Vê-se agora a serraria muito alta à direita. Viu-se à direita, não eu, o lugar onde está enterrado o General confederado Johnston Stonewall. A serra chama-se Unaker (Blue Ridge ou Smoky Mountains). Já passamos Midway e estamos em Greenville, povoação de bastantes casas e com 3 igrejas, pelo menos, das quais uma parece ter a ponta da torre prateada. Este caminho foi de grandes combates na guerra civil. Em Kennesaw-Mountain penso que Sherman ganhou uma grande batalha, esta montanha vi-a à esquerda depois de Atlanta.

7h 26’. Fullen’s. À direita a vista enfia por um longo vale que descobre a Blue-Ridge. Não paramos. Custa já a ver.

30 05 1876 1a pagina de apontamentos do dia