02.06.1876

É preciso mandar as cartas logo e por isso irá tudo às pressas. Antes do almoço Instituto de surdos-mudos — o mais completo que vi mesmo na Europa. Tem 100. Há 44 anos nos Estados Unidos. Com 4.000 e tantos alunos, e 25.000 surdos-mudos nos Estados Unidos. Neste belo estabelecimento perfeitamente colocado e com 150 acres de terreno onde os alunos trabalham saem deles bacharéis em letras ou ciências. Metade deles articulam e falam melhor ou pior. Resolveram equações algébricas, discorreram por escrito na pedra perfeitamente expondo um a teoria dos eclípses e outro traduzindo falando Horácio e uma passagem das Catilinárias mostrando saber bem latim. O diretor é filho de uma pessoa que aprendeu em Paris com Abbé Sicard. Casou com uma de suas discípulas surda-muda que é a mãe do diretor e a qual me deu uma hera que eu plantei perto da escada do estabelecimento. Fiquei encantado da visita.

Volto de visitar o Court Surwey dirigido por Patterson amigo de Agassiz. Este estabelecimento merece longa descrição. Agradou-me muitíssimo. Depois fui ao Arsenal de Marinha e gostei do Anchor’s e Chain’s Shops e da gunnery. Falarei ainda do Arsenal. Enfim venho do Kinder-garten de Mrs. Pollock. Interessou-me como o de Mrs. Blow. Tem 50 meninas de 4 a 8 anos e só duas delas de 10.

Às 4 vou a Mount-Vernon, casa e túmulo de Washington e à noite um pequeno soirée em casa de Mr. Thornton.

02.06.1876 Página dos apontamentos do dia original