05.06.1876

5 ¾. Já tomei banho. Meu guia disse-me ontem que 1 milha acima das Sisters-Islands navega um vaporzinho até Búfalo, 22 m. Esta cidade fica no desaguadouro do lago Erie. A 18 m. abaixo da Catarata de Niágara fica o lago Ontário.

8 ¾. Saí às 6. Fui ver os Whirlpools primeiramente os pequenos onde os rapids produzem enormes colchões, tendo descido até perto do rio por elevador e escada, e depois o grande onde um objeto caído redemoinha 3 dias antes de seguir rio abaixo. Este forma aí um lago e depois continua estreito entre altas barrancas. O pequeno vapor que ia até perto da Catarata do Niágara não tendo dado lucro fizeram-no descer os Whirlpools. Eram 3 homens que estavam dentro. 2 quiseram voltar, o outro fingiu que assentia, mas fechando-os deitou-se com o vapor o Maid of Mist pelos redemoinhos abaixo chegando ao lago Ontário. Levo vistas disto. Voltei pela margem do Canadá e defronte de Clifton-House desci a tomar o bote que nos conduziu muito bem — eu, Bom Retiro, o Augusto, o guia do hotel e um remeiro com 2 remos  e que dirigiu perfeitamente o bote através da corrente até o elevador a vapor na margem americana. Eleva à altura de 180 pés; o dos Whirlpools é de 192 — por meio de cadeiras em plano inclinado com trilhos. Daí subi pela margem do rio de onde navega um pequeno vapor que aí estava muito longe, para Búfalo. Voltei por um caminho bonito atravessando um bosque de carvalhos. É preciso cuidado para não ser surpreendido pelos trens, onde não tenho visto guardas que dêem sinais aqui na viagem de Washington para cá. São 9 e vou almoçar. Comprei uma bengala num mostrador perto do porto do bote.

Leio no Buffalo Daily Courier de hoje que o express de N. York para S. Francisco chegou ontem (41 a Oakland) às 9h 25’ da manhã 26’ menos que as prometidas 84 horas e os passageiros apearam-se às 9h 52 ½’ no saguão do Palace Hotel de S. Francisco. Nada sucedeu durante o trajeto. Vejo que hoje de tarde cantam em Buffalo a 20 e tantas milhas daqui o oratório S. Paulo de Mendelssohn — que pena!

Antes de sair de Washington 3 dos 5 postos de bombeiros da cidade velha acudiram prontamente ao sinal gastando minutos apenas, e as bombas a vapor jorravam a altura maior que a das mais altas casas. Vimos também as escadas, mas não fizeram exercício com elas. Antes do almoço fui ao Arsenal de Guerra. Não encontrei ninguém e pareceu-me que nada havia que ver. Dei uma volta de carro e retirei-me.

O caminho até o Arsenal à margem do rio sobre uma ribanceira é bonito.

Perto da estátua de Jackson há peças tomadas aos ingleses na guerra de 1812 creio que pelas tropas de Jackson.

Washington tem as maiores ruas asfaltadas e em tempo de chuva e com as variações de temperatura que aí há ficam lamaçais pegajosos.

Não vi a grande casa para os negros libertados junto ao Soldier’s Home porque disseram-me que não valia a pena. Não sei se já falei das espirradeiras (planta Nerium Oleander) vermelhas e cor de rosa como ainda não vi tão belas, quando subi o Mississipi vindo da barra.

 

05 06 1876 pagina dos apontamentos do dia