02.07.1876

   O calor tem sido insuportável. Hoje de madrugada já 86º Fahr. Nunca senti tanto como a noite passada; também as camas são as que servem para o inverno.

   Fui antes do almoço ver um sistema de caminho de ferro de um só trilho central elevado; os carros tendo rodas horizontais que correm lateralmente a outros trilhos muito pouco distantes um do outro. Andei a vapor por este caminho perto do Horticultural Hall. A inclinação é de 100 pés em milha. Quem me mostrou esse caminho foi o empresário General Stone. O carro oscila bastante e o trilho central pareceu-me já bastante curvado pelo peso da locomotiva, que é muito simples, e vagão o mais leve possível.

   Missa às 9 em St. John.

   Das 11 até 1 ½ experiências acústicas de Konig, no Main-Building e de aparelhos telefônicos; autômato e sem eletro-imam na casa do telégrafo (anexo). Vi lá ontem um sistema de pilha. Há diafragmas e só com spiras de cobre onde se deposita o cobre. Depois visitei ao Nitherói no Delaware.

   No rio havia fresco por causa do vento. O José da Costa deu-nos um pequeno launch A corveta está muito limpa e bem arranjada. Tem sido muito visitada; e quando eu comia recebi o Comandante da fragata francesa Minerve que vinha visitar José da Costa. O Comandante esteve no Rio a bordo da Belle-Poule.

   Depois de voltar ao hotel dei um passeio na direção e até perto do Navy-Yard. A cidade tem larga planície por onde estender-se. A paisagem lembrou-me a campagna-romana.

   De noite nada houve por ser domingo. Por falta de vapor que se tinha ajustado não dei o passeio pelo rio Delaware, que parece bonito, e defronte do embarque onde esperei bastante o vapor tem ilhas e uma com estabelecimento de banhos.

 

02.07.1876 Página