banner imprensa

Biblioteca infantil do Museu Imperial tem programação especial para o mês do Natal


Biblioteca infantil do Museu Imperial tem programação especial para o mês do Natal

 

Em dezembro, a biblioteca infantil do Museu Imperial, Biblioteca Rocambole, oferecerá uma série de atividades educativas relacionadas ao Natal. Ao longo do mês, serão realizadas leituras de histórias e oficinas criativas voltadas para grupos escolares.

 

No dia 2, às 14h, haverá contação de história com o livro O segredo de Natal de Pedrinho que relata a história de um menino que aguarda ansiosamente a chegada do Papai Noel. Em seguida, as crianças poderão ter contato com os livros da biblioteca.

 

A “Hora do Conto” com leitura da obra Uma Carta Especial para Papai Noel, de Gail Yerrill, acontece no dia 7, às 15h.  Ilustrado e repleto de efeitos para as crianças, o livro conta como Papai Noel recebe as divertidas cartas de alguns bichinhos. Após a leitura, haverá oficina criativa com a educadora Alaíde Guedes.

 

Em 9 de dezembro, os pequenos poderão conhecer a obra Olivia ajuda no Natal, de Ian Falconer. Nesse episódio natalino, que começa depois de um dia exaustivo de compras típicas da época, não faltam oportunidades para Olivia ajudar os pais como, por exemplo, cuidando de seu irmão caçula e arrumando a árvore. A atividade ocorrerá às 14h e será seguida de leitura espontânea na biblioteca.

 

No dia 14, a contação de história será com o livro O Natal do Carteiro, de Janet e Allan Ahlberg. A obra narra a história de um carteiro que visita alguns personagens de contos de fadas tradicionais para lhes entregar a correspondência natalina. A atividade começa às 15h, seguida de oficina criativa de Natal com Alaíde Guedes.

 

Todas as atividades são destinadas a grupos escolares previamente agendados. As instituições interessadas em participar podem realizar o agendamento junto ao setor de Educação do Museu Imperial, através do telefone (24) 2245-7735.

 

A Biblioteca Rocambole funciona de quarta a sexta-feira, das 9h às 12h (leitura espontânea, consultas e empréstimos) e das 14h às 17h (atividades escolares agendadas). Seu acervo é composto por cerca de 350 obras, entre as quais livros, revistas, gibis, dicionários, atlas e DVDs.

 

A programação mensal de atividades da Biblioteca Rocambole e outras informações relativas ao seu funcionamento e acervo podem ser acessadas no Blog da Biblioteca: http://bibliotecarocambole.blogspot.com.

 

Diretor do Museu Imperial toma posse no Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro


Diretor do Museu Imperial toma posse no Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro

 maurcio_5

O diretor do Museu Imperial, Maurício Vicente Ferreira Jr., tomará posse no Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro (IHGB) no próximo dia 30 de novembro. A solenidade ocorrerá na sede do IHGB, no Rio de Janeiro, às 17h.

 

"É uma honra ter sido eleito sócio do Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro - instituição fundada em 1838 para preservar e divulgar valores identitários nacionais. E, como o legado de seu patrono, o imperador d. Pedro II, tem conduzido as atividades do IHGB nos últimos 167 anos, posso afirmar que o Museu Imperial, unidade museológica do Instituto Brasileiro de Museus e onde tenho atuado profissionalmente durante os últimos 28 anos, é uma instituição herdeira da tradição iniciada no contexto da criação do Estado nacional brasileiro", afirmou o diretor do Museu.

 

Durante a cerimônia, Maurício Ferreira será recebido pela sócia titular Maria de Lourdes Viana Lyra e apresentará uma palestra intitulada “Conhecendo o Brasil: o IHGB na formação do jovem imperador d. Pedro II”.

 

O IHGB nasceu em 1838, a partir da aspiração de uma entidade que refletisse a nação brasileira que, não muito antes, conquistara a sua Independência. Seu patrono foi d. Pedro II, a quem foi dado o título de Protetor. O imperador incentivou e financiou pesquisas, fez doações valiosas, cedeu uma sala no Paço Imperial para sede do Instituto e presidiu mais de 500 sessões.

 

Nesses 167 anos de existência, o IHGB tem-se caracterizado por múltiplas atividades, pela reunião de um significativo acervo, posto à disposição do público, e pela realização de conferências, exposições, cursos, congressos e afins.

 

Novo bistrô do Museu Imperial é inaugurado


Novo bistrô do Museu Imperial é inaugurado

 duettos_caf_museu_imperial

Já está em funcionamento o novo bistrô do Museu Imperial, o Duetto’s Café. A empresa petropolitana, que já possuía uma loja na Galeria Gelli, no Centro de Petrópolis, venceu a licitação para ocupar o espaço nos jardins do Museu.

 

No estabelecimento, o visitante poderá encontrar produtos de alta qualidade, como cafés, chás, doces, sanduíches, sucos, cervejas especiais de Petrópolis, geleias, doces em compota e vinhos, entre outros. O espaço também está preparado para atender grupos, confraternizações e reuniões. Além disso, os clientes poderão desfrutar da internet sem fio, disponível em toda área externa do Museu.

 

Até o dia 27 de novembro, o Duetto’s Café participa do XI Petrópolis Gourmet - Sapore D'Italia, oferecendo o prato Zuppa di Cipolle – creme de cebola com chips de bacon e lascas de grana padano, servido na caçarola de pão italiano. Como entrada, é possível saborear o suflê de abóbora ao molho de gorgonzola e amêndoas acompanhado de folhas verdes e azeite de ervas e, de sobremesa, um gateau de chocolate e nozes com sorvete de creme e fonduta de chocolate.

 

O Duetto’s Café do Museu Imperial funciona terças e quartas, das 9h às 18h; quintas, sextas e sábados, das 9h às 22h; e domingos, das 9h às 18h.

 


Médico lança livro na Casa de Cláudio de Souza


Médico lança livro na Casa de Cláudio de Souza

 dr._wander

O médico Wander Nicolau de Oliveira, membro titular da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, realizará o lançamento de seu primeiro livro na Casa de Cláudio de Souza, pertencente ao Museu Imperial. O evento ocorrerá na quinta-feira, dia 24 de novembro, às 19h, com entrada gratuita.

 

A obra Retalho Cutâneo Para Mão: Estratégia Cirúrgica é resultado de uma vivência profissional de três anos junto ao Departamento de Ortopedia da UNIG/RJ, durante os quais foram executadas cerca de 1.500 cirurgias de mão e inúmeros atendimentos. O autor também realizou uma pesquisa em literatura diversa, bem como um estudo anatômico da vascularização da mão.

 

Devido a esse trabalho, em 2002, o Dr. Wander de Oliveira foi agraciado com a Medalha Tiradentes, a mais alta condecoração concedida pela Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj), por serviços prestados a pessoas carentes.

 

O livro é publicado pela editora Catedral das Letras, fundada em 2002. Com um catálogo de obras pertencentes a vários segmentos, a editora possui como missão estimular a leitura entre todas as faixas etárias e classes socioeconômicas.

 

A Casa de Cláudio de Souza fica na Praça da Liberdade, 247, Centro, Petrópolis. O espaço – que conta com uma exposição permanente, exposições temporárias e uma biblioteca especializada em literatura e artes, além de eventos culturais – está aberto à visitação gratuita de terça a sexta-feira, das 11h às 18h. Para mais informações, entre em contato através do telefone (24) 2245-3418 ou do e-mail mimp.casaclaudiodesouza@museus.gov.br.