banner imprensa

Inauguração de exposição e outros eventos marcam o aniversário da cidade no Museu Imperial

Inauguração de exposição e outros eventos marcam o aniversário da cidade no Museu Imperial d. pedro carlso planta palmeira no jardim do museu

 

Em comemoração aos aniversários de sua inauguração e da cidade de Petrópolis, o Museu Imperial realizou uma programação especial nesta sexta-feira, 16 de março. Além da entrada gratuita a todos os visitantes, foi realizada uma série de atividades.

 

Marcando o início das comemorações, o príncipe d. Pedro Carlos de Orleans e Bragança plantou uma palmeira do jardim do antigo Palácio Imperial de Petrópolis, hoje Museu Imperial, que pertenceu a seu tataravô, o imperador d. Pedro II. A presença de d. Pedro Carlos foi significativa porque, além de representar a família imperial, ele é engenheiro ambiental e possui uma organização não-governamental que atua em prol da preservação do meio ambiente.


rubens piovano maurcio ferreira d. pedro carlos e o professor aniello avellaEm seguida, foi realizada a inauguração da exposição “Artistas italianos no Brasil Imperial”, que ficará aberta ao público até 05 de agosto. Com curadoria do diretor do Museu, Maurício Vicente Ferreira Jr., a mostra reúne pinturas, gravuras, joias, livros e outras peças do acervo do Museu.

 

No evento, estiveram presentes o diretor do Istituto Italiano di Cultura, Rubens Piovano, que representou o cônsul-geral da Itália, Mario Panaro; o professor Aniello Avella, da Universidade Tor Vergata de Roma; e representantes da Sociedade de Amigos do Museu Imperial.

 

pblico na exposio

“Essa exposição tem como objetivo apresentar ao público obras de artistas italianos que retrataram o Brasil no século XIX, tanto os que vieram ao país quanto os que o fizeram da Europa, bem como peças italianas que foram colecionadas por brasileiros no período. A mostra recebeu a chancela do consulado da Itália para fazer parte do Momento Itália-Brasil”, declarou Maurício Vicente Ferreira Jr.

 

Rubens Piovano agradeceu ao Museu Imperial por realizar a exposição em homenagem à Itália. “Fiquei encantado com algumas das peças, como as aquarelas de Carlos Ferrario que compuseram o cenário da ópera O Guarany, de Carlos Gomes. A ópera foi apresentada pela primeira vez em Milão, na Itália, o que mostra uma relação cultural antiga entre os dois países”, afirmou.

 

seu maurcio ferreira inaugura a exposio ao lado de d. pedro carlos rubens piovano e representantes da sociedade de amigos do museu imperial

A programação do Museu para o dia 16 de março conta ainda com duas apresentações gratuitas do espetáculo Som e Luz, às 20h e às 21h, além do lançamento do concurso de fotografias “Eu e meu museu”, oferecido pelo Conselho Internacional de Museus (ICOM). Para participar, o candidato precisa tirar uma foto junto ao seu museu favorito e enviá-la ao ICOM até 22 de abril. O regulamento está presente no site http://network.icom.museum/imd2012/ (em inglês).

 

Biblioteca infantil do Museu Imperial celebra o Dia dos Animais com leitura de história

Biblioteca infantil do Museu Imperial celebra o Dia dos Animais com leitura de história 

img_2271

Em homenagem ao Dia dos Animais, a Rocambole, biblioteca infantil do Museu Imperial, realizou no dia 14 de março uma contação de história com o livro “Campeões”, de Fiona Rempt. Alunos da educação infantil de uma escola de Petrópolis participaram da atividade e, em seguida, tiveram acesso ao acervo da biblioteca, que conta com cerca de 350 livros, gibis, brinquedos e outras obras.


O livro conta a história de uma “Olimpíada” na floresta, na qual todos os animais têm a chance mostrar suas diferentes habilidades. Ao final, eles aprendem que as mais importantes qualidades olímpicas são a cooperação e o espírito esportivo.


A contação de história com a obra será realizada novamente nos dias 23 e 28, às 15h. A atividade é gratuita e destinada a instituições escolares, que devem realizar agendamento prévio pelo telefone (24) 2245-7735.

img_2249

Ainda em março, a Biblioteca Rocambole realizará também atividades educativas relacionadas ao Dia Nacional da Música Clássica, ao Dia Nacional da Poesia e ao Dia do Circo. A programação completa pode ser acessada no blog http://bibliotecarocambole.blogspot.com.

Conselho Internacional de Museus lança concurso de fotografia

Conselho Internacional de Museus lança concurso de fotografia

 

Para comemorar o 35º aniversário do Dia Internacional de Museus (18 de maio), o Conselho Internacional de Museus (ICOM) promove o concurso de fotografias “Eu e meu museu”. Os participantes devem tirar uma foto junto ao seu museu favorito, sozinhos ou em grupo, com a marca do concurso aparecendo, e enviá-la ao ICOM até 22 de abril.

 

O Museu Imperial/Ibram/MinC participa dessa campanha e, a partir da próxima sexta-feira, 16 de março, irá disponibilizar a marca do concurso em sua fachada para que os visitantes possam utilizá-la em suas fotos. Serão distribuídos ainda folhetos explicativos que também conterão a marca.

 

As fotografias devem ser enviadas ao ICOM através do e-mail imd@icom.museum, de acordo com o regulamento do concurso, que pode ser encontrado no site http://network.icom.museum/imd2012/ (em inglês).

 

Junto com a imagem (que precisa estar em formato Jpeg e tamanho entre 1 e 2MB), devem ser enviados os seguintes dados em inglês, francês ou espanhol: nome, sexo, nacionalidade e data de nascimento de todos os presentes na foto; e-mail de contato e endereço de um responsável; nome do museu, cidade e país onde a foto foi tirada.

 

Entre os critérios para escolha dos vencedores, estão a criatividade e o entusiasmo dos participantes, além do respeito às normas do museu em questão no momento de fotografar. Os vencedores receberão kits-surpresa contendo brindes de museus de todo o mundo.

 

Membro da família imperial planta árvore no jardim do imperador

Membro da família imperial planta árvore no jardim do imperador

D. Pedro Carlos de Orleans e Bragança irá plantar uma palmeira no Museu Imperial

 

O príncipe d. Pedro Carlos de Orleans e Bragança representará a família imperial em uma das solenidades que marcarão os aniversários da cidade de Petrópolis e da criação do Museu Imperial. No dia 16 de março, às 15h, o descendente de d. Pedro II irá plantar uma palmeira no jardim do antigo palácio de seu tataravô, hoje Museu Imperial.

 

“O ato tem como objetivo conscientizar a população para a importância do jardim como patrimônio paisagístico, não apenas um lugar de passagem para se chegar ao palácio. Temos aqui mais de 90 espécies de todo o mundo”, afirma Maurício Vicente Ferreira Jr., diretor do Museu.

 

A família Bragança tem relação estreita com a natureza há pelo menos dois séculos. Uma das primeiras iniciativas de D. João VI após a transferência da Corte portuguesa para o Rio de Janeiro, em 1808, foi a criação do Jardim Botânico da nova capital. Anos depois, seu neto, d. Pedro II, viria a se tornar um amante da natureza.

 

No seu palácio deverão em Petrópolis, o imperador atuou no planejamento do jardim ao lado do paisagista Jean-Baptiste Binot. E esse se tornou um dos seus locais favoritos, como descreve em seu diário de 24 de junho de 1861: “Aproveitei o tempo em casa até 9 que almocei, e o mesmo fiz depois partindo para a cidade. Parei perto do portão da saída do jardim para que um daguerreotipista tirasse a vista”.

 

Hoje, d. Pedro Carlos continua a tradição e também se dedica à natureza. O príncipe foi fundador e primeiro diretor do Jardim Botânico de Brasília e, atualmente, é diretor-presidente do Instituto ECOTEMA, uma organização não governamental que atua em prol da preservação ambiental e do desenvolvimento sustentável.

 

Programação da data

 

Além do plantio da palmeira, o Museu Imperial preparou uma programação especial para comemorar a data. Durante todo o dia, haverá visitação gratuita ao palácio.

 

Logo após o plantio, às 15h30, será inaugurada a exposição “Artistas italianos no Brasil Imperial”, que possui curadoria do diretor do Museu, Maurício Vicente Ferreira Jr., e apresenta 31 obras de artistas da península itálica que retrataram o Brasil no século XIX. Na mesma cerimônia, será lançado também o folder do setor de Museologia do Museu Imperial.

 

À noite, serão realizadas duas apresentações gratuitas do espetáculo Som e Luz. Os interessados já podem retirar ingressos de cortesia na bilheteria do Museu Imperial.

 

Para mais informações sobre a programação do Museu Imperial, acesse www.museuimperial.gov.br.