banner imprensa

Médico lança livro na Casa de Cláudio de Souza


Médico lança livro na Casa de Cláudio de Souza

 dr._wander

O médico Wander Nicolau de Oliveira, membro titular da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, realizará o lançamento de seu primeiro livro na Casa de Cláudio de Souza, pertencente ao Museu Imperial. O evento ocorrerá na quinta-feira, dia 24 de novembro, às 19h, com entrada gratuita.

 

A obra Retalho Cutâneo Para Mão: Estratégia Cirúrgica é resultado de uma vivência profissional de três anos junto ao Departamento de Ortopedia da UNIG/RJ, durante os quais foram executadas cerca de 1.500 cirurgias de mão e inúmeros atendimentos. O autor também realizou uma pesquisa em literatura diversa, bem como um estudo anatômico da vascularização da mão.

 

Devido a esse trabalho, em 2002, o Dr. Wander de Oliveira foi agraciado com a Medalha Tiradentes, a mais alta condecoração concedida pela Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj), por serviços prestados a pessoas carentes.

 

O livro é publicado pela editora Catedral das Letras, fundada em 2002. Com um catálogo de obras pertencentes a vários segmentos, a editora possui como missão estimular a leitura entre todas as faixas etárias e classes socioeconômicas.

 

A Casa de Cláudio de Souza fica na Praça da Liberdade, 247, Centro, Petrópolis. O espaço – que conta com uma exposição permanente, exposições temporárias e uma biblioteca especializada em literatura e artes, além de eventos culturais – está aberto à visitação gratuita de terça a sexta-feira, das 11h às 18h. Para mais informações, entre em contato através do telefone (24) 2245-3418 ou do e-mail mimp.casaclaudiodesouza@museus.gov.br.

 

Visita aos bastidores do Museu Imperial revela acervo relacionado à fotografia


Visita aos bastidores do Museu Imperial revela acervo relacionado à fotografia

Atividade fez parte do festival de fotografia Clic! Petrópolis

 

Nesta sexta-feira, 18 de novembro, os participantes do projeto “O Museu que não se vê” tiveram a oportunidade de conhecer um acervo diferente: os itens relacionados à fotografia guardados nos setores técnicos. A atividade fez parte do festival de fotografia Clic! Petrópolis, que acontece na cidade até 27 de novembro.

 

O Museu Imperial participa do festival com diversos eventos, como exposições, palestras e passeios. “O Museu que não se vê especial sobre fotografia” foi uma dessas atividades e se constituiu em uma variação do projeto “O Museu que não se vê”, uma visita aos “bastidores” do Museu Imperial que acontece mensalmente e apresenta os setores técnicos e o acervo que não fica exposto no palácio.

 

A edição especial apresentou ao público livros sobre fotografia, periódicos, álbuns, câmeras antigas e imagens capturadas com diversas técnicas fotográficas, como daguerreótipo e ambrótipo. Os participantes tiveram até mesmo a oportunidade experimentar um estereoscópico, técnica do início do século XX que permite visualizar fotografias em três dimensões.

 

Além do acervo da Biblioteca, do Arquivo Histórico e do Setor de Museologia, os visitantes conheceram o Laboratório de Conservação e Restauração, que preserva todo esse acervo, e o Projeto de Digitalização do Acervo do Museu Imperial (Projeto DAMI), que digitaliza e disponibiliza no site do Museu as coleções guardadas na instituição.

 

A participação no projeto é gratuita e pode ser agendada pelo telefone (24) 2245-4668 ou pelo e-mail mimp.someluz@museus.gov.br. São realizadas visitas toda última quarta-feira do mês nos horários das 9h e das 14h.

 

Para conferir o restante da programação do festival Clic! Petrópolis, acesse www.museuimperial.gov.br.

 

Passeio fotográfico reproduz “circuitos do imperador”


Passeio fotográfico reproduz “circuitos do imperador”

Atividade faz parte do Clic! Petrópolis e terá saída no Museu Imperial

 

No próximo sábado, dia 19 de novembro, será realizado o segundo Passeio Fotográfico Circuitos do Imperador. A atividade, que faz parte da programação do festival de fotografia Clic! Petrópolis, terá participação gratuita.

 

Às 9h, os participantes se encontrarão no Cine Teatro Museu Imperial, de onde seguirão a pé por um dos caminhos preferidos do imperador d. Pedro II em Petrópolis. Ao longo do trajeto, receberão dicas de fotografia e informações históricas sobre os monumentos e paisagens.

 

Além do próprio Museu Imperial, o circuito inclui atrativos como a Catedral S. Pedro de Alcântara, o Palácio de Cristal e a Casa do Barão de Mauá. Esse será o segundo passeio fotográfico do Clic! Petrópolis em parceria com o Museu, que realizaram o primeiro no último sábado, dia 12.

 

Para participar, é preciso se inscrever gratuitamente pelo telefone (24) 2245-4668 ou pelo e-mail mimp.someluz@museus.gov.br.

 

Para conferir a programação completa do Clic! Petrópolis no Museu Imperial e na Casa de Cláudio de Souza, acesse www.museuimperial.gov.br.

 

Museu Imperial oferece Som e Luz e horário especial no feriado


Museu Imperial oferece Som e Luz e horário especial no feriado

 

No feriado de 15 de novembro, dia da Proclamação da República, o Museu Imperial terá uma programação especial. Serão horários especiais de funcionamento e apresentações extras do espetáculo Som e Luz que visam a oferecer opções de lazer e cultura para petropolitanos e visitantes de fora.

 

No dia 14, o Museu irá abrir suas portas excepcionalmente em uma segunda-feira. Desse modo, a visitação ocorrerá no horário normal, das 11h às 18h, de sábado a terça-feira.  

Nos dias 13 (domingo) e 14 (segunda), às 20h, serão oferecidas apresentações extras do espetáculo Som e Luz, que acontece regularmente de quinta a sábado no mesmo horário. Os ingressos custam R$ 20, mas, para as duas edições especiais, petropolitanos e moradores da cidade pagarão o valor promocional de R$ 5.

 

A Casa de Cláudio de Souza, pertencente ao Museu Imperial, não abrirá para visitação no feriado. O local funcionará normalmente de quarta a sexta-feira, com visitação gratuita das 11h às 18h.