banner imprensa

Concerto comemora a data no Museu Imperial


O público terá um programa imperdível nesta quinta-feira no Museu Imperial. O I Concerto do Dia Nacional da Música Clássica terá a participação do Coral, da Orquestra de Câmara e do conjunto Anima e Cuore da Universidade Católica de Petrópolis. O evento promovido pelo Museu em parceria com a UCP acontecerá na Sala da Batalha de Campo Grande, às 18h30. A entrada no concerto é gratuita. O evento vai comemorar também o nascimento de Heitor Villa-Lobos (05.03.1887) e terá a interpretação de algumas peças do compositor.

Sancionado no dia 13 de janeiro de 2009 por decreto presidencial, o Dia Nacional da Música Clássica será celebrado com o I Concerto do Dia Nacional da Música Clássica, no Museu Imperial, em parceria com a Universidade Católica de Petrópolis. O Coral, a Orquestra de Câmara e o conjunto Anima e Cuore serão regidos pelo maestro Antônio Gastão. A apresentação terá duração de uma hora.

"O I Concerto do Dia Nacional da Música Clássica foi concebido como o evento de abertura da programação musical do Museu Imperial para o ano de 2009. A casa favorita de d. Pedro II fará jus à tradição musical da Família Imperial brasileira num clima de verdadeira efervescência cultural e que oferecerá ao público projetos musicais de qualidade ao alcance de todos", afirma do diretor do Museu Imperial, Maurício Vicente Ferreira Júnior.

No repertório estão o Prelúdio, Melodia Sentimental e a Bachiana nº5 com Ária que serão interpretadas pelo conjunto Anima e Cuore, que tem os músicos Wally Borghoff no Piano, Lylian Romero no Violoncelo e a soprano Michele Ramos.

Na programação o Coral vai apresentar as canções Pater Noster, Ave Maria e Rosa Amarela. A Orquestra interpretará a Bachiana nº 4 com Prelúdio. Em conjunto, o Coral e a Orquestra apresentarão o Canto do Pajé e Invocação em Defesa da pátria, regidos pelo maestro Antônio Gastão.

 

O Coral da UCP e a Orquestra de Câmara da UCP

O Coral da UCP foi idealizado em 1976 e atuou inúmeras vezes ao lado da Orquestra Sinfônica Brasileira, na série Projeto Aquarius. Dedicado especialmente à Música Sacra, o coral desde 1998 mantém constante colaboração com a Orquestra Petrobrás Sinfônica, tendo se apresentado sob a regência de nomes como Armando Prazeres, José Guadalupe Flores, Roberto Duarte, Carlos Prazeres e Isaac Karabtchevsky. Além disso, o Coral da UCP participou de todas as edições do Festival Internacional de Corais de Petrópolis. O público pode prestigiar o trabalho do Coral, que é dirigido pelo maestro Antônio Gastão desde 1989, regularmente nas missas da Catedral São Pedro de Alcântara.

A Orquestra de Câmara da UCP foi fundada em 1997 pelo maestro Antônio Gastão. A orquestra já incluiu no seu repertório obras de peso do repertório tradicional, como a "Missa da Coroação" e os trechos "Réquiem", de Mozart, a Cantata BWV4 "Christ lag in todesbanden" e a "Missa em Lá Maior", de Bach, A "Missa em Sol Maior", de Schubert, a Ode "Come, ye sons of Art", de Purcell, e trechos do oratório "O Messias", de Haendel, além de obras modernas de compositores brasileiros como Cézar Guerra-Peixe, Carlos Cruz e Ernani Aguiar.

O maestro Antônio Gastão, fundador do grupo, vem contribuindo regularmente com a composição de trabalhos originais para a Orquestra UCP, que já estreou diversas de suas obras: a "Missa Suzuki", o Oratório "O Descobrimento do Brasil", o "Auto de Natal", o "Stabat Mater", a "Cantata pelos 200 anos da cidade de Resende" e a "Suíte de Cirandas", além de toda uma série de pequenas obras litúrgicas. Em abril de 2005, atendendo a convite da Direção Artística do Theatro Municipal do Rio de Janeiro, apresentou-se, juntamente com o Coral da UCP, neste que é um dos mais prestigiosos palcos do país.

Além do trabalho realizado no Coral e na Orquestra de Câmara da UCP, o Maestro Antônio Carlos Leal Gastão é diretor do Conjunto Anima e Cuore também da UCP desde 1986. Graduado em Composição pelo Conservatório Brasileiro de Música, teve sua formação musical aperfeiçoada sob a orientação de diversos professores: estudou Composição com Geraldo Vespar e Guilherme Bauer, Regência com Gilberto Bittencourt e Carlos Alberto Figueiredo, Técnica Vocal com Eládio Pérez-González e Harmonia da Música Popular com Jan Guest.

 

SERVIÇO:

 

Visitação: De terça a domingo, das 11h às 18h.

PREÇOS:
Adultos: R$ 8,00
Estudantes, professores e maiores de 60 anos: R$ 4,00 Maiores de 80 anos: Gratuito

 

SOM E LUZ:
Quintas, Sextas e Sábados – 20h

PREÇOS:

Adultos: R$ 20,00
Estudantes, professores e maiores de 60 anos: R$ 10,00 Menores de anos e maiores de 80: Gratuito
INGRESSO PROMOCIONAL (Moradores de Petrópolis):
ÀS SEXTAS-FEIRAS: R$ 5,00
Contatos para Imprensa:
Bruno Machado – (24) 7836-1577
Carlos Felipe – (24) 7834-7416
Daniela Moreira – (24) 7834-7414

 

Museu Imperial 2008
Rua da Imperatriz, 220 - Centro - Petrópolis - RJ
Tel: (24) 2237-8000