banner imprensa

Inclusão social no Festival de Inverno de Petrópolis
 
Novidade no Festival de Inverno de Petrópolis, oficinas de cinema digital em stop motion promoveu a inclusão social de crianças de baixa visão, visão nula e especiais. Realizadas nos dias 21, 22 e 23 de julho, na Comunidade Jesus Menino, em Carangola, sob a orientação de Jane Abreu, os curta metragens produzidos pelas crianças serão apresentados no festival no dia 27 de julho, às 15h, no Cine Teatro do Museu Imperial.
 
A Comunidade Católica Jesus Menino é uma instituição que acolhe e adota crianças e jovens com deficiência. Jane Abreu, que coordena projetos de oficinas de cinema desde 2000, explica que  “nada impede a capacidade e o desejo de fazer curtas metragens,  com fotos em sequencia capturadas por elas, através de câmeras fotográfica e/ou celulares”.
 
Os filmes terão como base as Cirandas, compostas por Villa–Lobos. “Embasadas  no nosso folclore de cantigas de roda, as Cirandas de Villa-Lobos são uma ótima oportunidade de resgatar brincadeiras precocemente esquecidas pelas crianças”, diz Myrian Dauelsberg, diretora do festival da Dell’Arte.
 
Serão utilizados, como ferramenta de produção, câmeras digitais, cenários em miniaturas e adornos. 
 
Como complemento da mostra de curtas, no último dia do Festival, dia 27, às 15 horas no Cine- teatro do Museu Imperial, acontecerá ainda uma palestra sobre inclusão social feita pela Presidente do Conselho Municipal, Fernanda Ferreira.
 
SERVIÇO:  
Mostra de Curta-metragens e debate
Curta metragens realizados pela oficina de stop motion com a Comunidade Jesus Menino
Debate : tema Inclusão Social, com Fernanda Ferreira (pres. Conselho Municipal)
Domingo, 27 de julho, 15h – Grátis
 
Cine Teatro do Museu Imperial
Rua da Imperatriz, 220 - Centro
Tel: 24 2233-0300/ Ramal 230
Pede-se a doação de 1 kg de alimento não perecível