banner imprensa

Cerveja também é álcool é tema de debate na Casa de Cláudio de Souza
 
A psicóloga Leandra Iglesias volta à Casa de Cláudio de Souza (unidade do Museu Imperial) no próximo dia 14 de outubro, às 19 horas, para um bate-papo sobre o tema “Cerveja também é álcool”. O evento com a presidente da Associação Brasileira de Alcoolismo e Drogas é gratuito e aberto ao público interessado. 
 
Com larga experiência na prevenção, no tratamento, na recuperação e reinserção do usuário de drogas à sociedade, Leandra traz à tona um tema polêmico e atual, que aborda, principalmente, o cotidiano dos jovens. “A grande maioria começa, entre 12 e 14 anos, experimentando as drogas legais, passando em seguida para as drogas ilegais, num curto espaço de tempo, principalmente de acordo com o perfil de uso, frequência e quantidade ingerida das mais diferentes substâncias. Pesquisas apontam que a precocidade inicia-se com o uso de álcool, cervejas e bebidas adocicadas, cigarros comuns ou com aromatizantes, mas, na curiosidade da busca aventureira, o jovem está muito suscetível às influências do meio, da mídia e do seu grupo de convivência”, afirma a psicóloga.
 
O tema do bate-papo surgiu a partir da campanha que está sendo organizada pelo Ministério Público de São Paulo, chamada "Cerveja Também é Álcool", que é contra a publicidade de bebidas alcoólicas. O objetivo é propor uma mobilização da sociedade para que toda e qualquer bebida, com graduação alcoólica igual ou superior a 0,5 grau Gay-Lussac, seja considerada alcoólica. “Pela atual redação, a restrição só é aplicada às bebidas com teor alcoólico superior a 13 graus Gay-Lussac, o que contribui para o consumo indevido de bebidas alcoólicas por crianças e adolescentes”, explica Leandra. 
 
Segundo a profissional, pós-graduada em Dependência Química, o intuito do debate é levar à sociedade informações, esclarecimentos e orientações acerca dos malefícios do uso de álcool e outras drogas. “Quero que o jovem possa ter consciência deste assunto e que saiba os prejuízos que o abuso do álcool pode causar”, completa. 
 
SOBRE LEANDRA IGLESIAS – Leandra Iglesias possui 31 anos de prática clínica, dos quais 20 vêm sendo dedicados aos estudos sobre os problemas relacionados ao álcool e às outras drogas. Há 14 anos desempenha papel efetivo na cidade de Petrópolis como diretora em Dependência Química da ONG Comando da Paz e, recentemente, implantou a Associação Brasileira de Alcoolismo e Drogas da Região Serrana, ABRAD Serrana, da qual é presidente.
 
A profissional também ministra palestras de conteúdo informativo e teórico em variados setores desde igrejas, associações, clínicas, empresas e escolas da região serrana, sempre voltadas para a prevenção do uso, abuso e dependência de álcool e outras drogas, principalmente, para a população jovem. 
 
A Casa de Cláudio de Souza fica na Praça da Liberdade, 247, Centro, Petrópolis. Além dos eventos que recebe e organiza, o espaço, que é unidade do Museu Imperial, está aberto para visitação gratuita de terça a sexta-feira, das 11h às 18h. Para mais informações, entre em contato pelos telefones (24) 2231-5156 e (24) 2231-4722 ou pelo e-mail mimp.casaclaudiodesouza@museus.gov.br.
 
SERVIÇOS
 
Casa de Cláudio de Souza/Museu Imperial
Endereço: Praça da Liberdade, 247, Centro – Petrópolis, RJ
Contatos: (24) 2231-5156 / (24) 2231-4722 / mimp.casaclaudiodesouza@museus.gov.br
Site: www.museuimperial.gov.br/casa-claudio-de-souza
Visitação: de terça a sexta, das 11h às 18h
Biblioteca: de terça a sexta, das 13h30 às 17h30 (em outros horários, mediante agendamento pelo e-mail    mimp.biblioteca@museus.gov.br)
 
Museu Imperial/Ibram/MinC
Endereço: Rua da Imperatriz, 220 – Centro – Petrópolis, RJ
Telefones: (24) 2233-0300 / (24) 2233-0360
E-mail:    mimp.faleconosco@museus.gov.br
Site: www.museuimperial.gov.br
Twitter: @museuimperial
Facebook: www.facebook.com/museuimperial
 
Visitação: de terça a domingo, das 11h às 18h
Jardins: de terça a domingo, das 8h às 18h
 
Ingressos para visitação:
Adultos: R$ 8,00
Estudantes, professores e maiores de 60 anos: R$ 4,00
Menores de 7 anos e maiores de 80: gratuito
Moradores de Petrópolis e petropolitanos, às quartas-feiras e no último domingo do mês: gratuito
 
 
Assessoria de Imprensa
Tarsila Rangel
(24) 2233-0392
mimp.imprensa@museus.gov.br