• Palácio Imperial de Petrópolis, residência de verão do imperador d. Pedro II e sua família, construído entre 1845 e 1862. Abriga o Museu Imperial desde 1940.
  • François René Moreaux. Proclamação da Independência do Brasil. Óleo sobre tela, 1844.
  • D. Pedro II. Escultura oferecida pela municipalidade de Petrópolis ao Museu Imperial, em 1941. Jardins do Palácio Imperial de Petrópolis.
  • Friedrich Hagedorn. Vista do Palácio Imperial de Petrópolis. Têmpera sobre cartão, c. 1855.
  • Sala de Estado. Palácio Imperial de Petrópolis. À esquerda, o trono imperial do Palácio de São Cristóvão, residência oficial da família imperial brasileira.
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 6
  • 7
  • 8
  • 9
Instruções para a visita 
 
Prezado (a) Professor (a),
 
Para que a visita de seus alunos ao Museu Imperial ocorra de forma adequada, solicitamos a observância dos critérios abaixo relacionados, estabelecidos pela direção da instituição:
 
1. Recomendamos que o grupo escolar chegue ao Museu dez minutos antes do horário marcado para o preenchimento dos dados da visita.
 
2. Bolsas, mochilas e/ou merendeiras de alunos deverão ser deixadas nos ônibus ou ficar sob a guarda de um responsável da escola na área externa do museu. Só será permitida a entrada de carteiras de dinheiro e documentos dos alunos. Apenas as bolsas dos professores e/ou responsáveis poderão ser deixadas no guarda-volumes no saguão. Não guardamos máquinas fotográficas.
3. Ao chegar ao Museu, o professor responsável pelo grupo de alunos agendado deverá se dirigir ao Setor de Educação (localizado no prédio das carruagens) para o preenchimento do Controle de Visitação, fornecendo o número exato de alunos e de responsáveis e a série dos alunos.
4. Os grupos de escolas públicas e privadas devidamente agendados e que observarem os horários de atendimento acertados terão cortesia na entrada ao Museu e serão acompanhados por monitores do Setor de Educação.
5. A cada grupo de vinte alunos, um professor ou, na ausência deste, um responsável deverá acompanhar este grupo durante a visita. A participação do professor ao longo da visita é fundamental para que, posteriormente, esta possa ser explorada pedagogicamente em trabalhos ou discussões em sala de aula.
 
6. Recomendamos que os alunos de Educação de Jovens e Adultos (EJA) venham com a camiseta do uniforme.
 
7. É vedada a entrada ao Museu de estudantes e professores com chicletes, balas, líquidos ou quaisquer outros alimentos.
 
8. O Museu é um local de estudos e pesquisas e, sendo assim, faz-se necessário manter a devida disciplina em suas dependências. Lembramos que o papel do professor é primordial nessa tarefa, devendo atuar junto aos alunos da entrada ao museu até o final da visita.
 
9. A visita orientada não inclui o Pavilhão das Viaturas, local que deverá ser visitado em companhia dos professores.
 
10. Para um melhor aproveitamento da visita de seus alunos, recomendamos que os mesmos sejam preparados pedagogicamente para a sua realização. Para tanto, sugerimos a visita virtual ao site do Museu Imperial (www.museuimperial.gov.br), especialmente aos links “Janela do Professor”, “Histórico e Personagens” e “Tour”.
 
11. Pedimos que o horário de entrada agendado seja respeitado para que as escolas subsequentes não sejam prejudicadas. Se houver um atraso superior a 30 minutos e a escola, por essa razão, não puder mais ser atendida com o serviço de monitoria, o grupo terá cortesia, porém terá que aguardar na fila de entrada para fazer a visita conforme liberação da segurança do Palácio.
 
12. O Setor de Educação se comprometerá a atender o número de integrantes do grupo escolar agendado previamente. No dia da visita, caso o grupo compareça com um número de pessoas bem superior ao previsto, o atendimento dos excedentes dependerá da disponibilidade de monitoras e do horário disponível.
 
13. Em caso de desistência da visita, o museu deverá ser comunicado com no mínimo 07 dias de antecedência.
 
14. Por razões de conservação do acervo, não é permitido fotografar ou filmar no interior do Museu. A área externa e o prédio das viaturas estão liberados para o registro de imagens.